ApeCoin opta por ficar no Ethereum

Última Actualização: 5 Junho 2022

O ApeCoin DAO apresentou uma proposta para ficar no Ethereum. Esta proposta tem recebido muito apoio da comunidade. Esta proposta é uma reacção a uma ideia dos Yuga Labs para migrar o ApeCoin para outra cadeia de bloqueio ou mesmo para começar a sua própria cadeia de bloqueio.

O ApeCoin é uma organização descentralizada, onde todos podem contribuir, desde que tenham as competências certas. Os membros de um DAO trabalham em todo o mundo e são pagos em moeda criptográfica, com base na sua contribuição.

Abandonar o Ethereum seria catastrófico

A proposta foi submetida pelo ASEC, membro do ApeCoin DAO, a 1 de Maio, afirmando que a migração para outra cadeia de bloqueio é um empreendimento caro, arriscado e complexo, com muitas partes móveis que, se não forem cuidadosamente consideradas, podem resultar em perdas catastróficas. Na pior das hipóteses, o fabricante Yuga Labs está a arrancar as suas mãos do ApeCoin.

Taxas de transacção demasiado altas no Ethereum

Yuga Labs, a empresa por detrás do popular Bored Ape Yacht Club NFT colecção e o projecto Otheride Metaverse, sugeriu a 1 de Maio (ver tweet acima) que o ApeCoin deveria migrar para a sua própria cadeia de bloqueio. Isto foi em resposta aos preços demasiado altos do gás no Ethereum quando puseram à venda peças do seu metaverso Outro Lado. A empresa angariou $310 milhões da venda, mas os compradores pagaram colectivamente mais de $177 milhões em taxas de transacção. Em última análise, isto também levou a que a rede do Ethereum fosse temporariamente inutilizável (leia-se: demasiado cara) para outros utilizadores.

Cada vez que um utilizador entra numa transacção, deve indicar quanto está preparado para pagar (gás). Uma transacção pode ser o envio de ETH, mas também uma mutação num contrato inteligente. O preço do gás apenas determina quanto um utilizador está disposto a pagar por unidade de gás, e não quanto gás é necessário para que uma transacção tenha lugar. O contrato inteligente da outra parte não foi devidamente preparado para isto, o que resultou em custos de transacção ainda mais elevados.

A Yuga Labs reembolsou muitas das taxas de transacção dos seus próprios bolsos, mas como podes imaginar, eles não ficaram contentes com isto.

Avalanche para o resgate

A insatisfação com o Ethereum foi imediatamente notada por outros projectos da cadeia de bloqueios. Avalanche, por exemplo, ofereceu-se para migrar o ApeCoin para uma sub-rede da sua própria cadeia de bloqueios. Isto deverá assegurar velocidades de transacção mais altas, custos de transacção mais baixos e, segundo a própria Avalanche, uma melhor experiência do utilizador, o que por sua vez deverá levar a um preço mais elevado para o APE. Emin Gün Sirer, fundador da Avalanche Labs:

No entanto, a comunidade ApeCoin não parece estar interessada. A proposta de permanecer no Ethereum tem actualmente 99.65% dos votos a favor e 0.35% dos votos contra.

Migrar para a segunda camada

A proposta propõe especificamente a utilização de uma camada 2 de Ethereum como solução para os custos de transacção. Eles preferem usar uma segunda camada no Ethereum do que migrar para outra cadeia de bloqueios. O argumento resume-se a que isso seria prejudicial à liquidez disponível, à segurança e ao efeito de rede. Refere-se a Optimistic Rollups (como Optimism e Arbitrum) ou ZK-Rollups (como Starknet ou zkSync) como potenciais novas ideias para manter o ApeCoin no Ethereum.

Um destes chamados projectos de dois níveis no Ethereum é o Immutable X. A 25 de Maio, apresentou uma proposta no Fórum de Governação do ApeCoin para levar o projecto até eles. O imutável X é especializado em escalar NFTs e parece ter também uma boa liquidez. Vários jogos de cadeias de bloqueio baseados em NFTs já estão a correr no Immutable X, pensa em EmberSword, Gods Unchained e Illuvium. A proposta foi entusiasticamente recebida pela comunidade no Fórum ApeCoin.

Outra opção é esperar pela próxima grande actualização do Ethereum para o Ethereum 2.0. Isto deverá assegurar que os custos de transacção diminuam drasticamente.

Author
  • Florian Feidenfelder

    Florian Feidenfelder is a seasoned cryptocurrency trader and technical analyst with over 10 years of hands-on experience analyzing and investing in digital asset markets. After obtaining his bachelor's degree in Finance from the London School of Economics, he worked for major investment banks like JP Morgan, helping build trading systems and risk models for blockchain assets.

    Florian later founded Crypto Insights, a leading research firm providing actionable intelligence on crypto investments to hedge funds and family offices worldwide. He is the author of the bestseller "Mastering Bitcoin Trading" and has been featured in prominent publications like the Wall Street Journal, Bloomberg, and Barron's for his insights on blockchain technologies.

    With extensive knowledge spanning the early days of Bitcoin to today's explosive DeFi landscape, Florian lends his real-world expertise to guide both new entrants and seasoned professionals in capitalizing on the wealth-creating potential of crypto trading while effectively managing its inherent volatility risks.

error: Alert: Content is protected !!